Uniracers

uniracers_boxart

Pra começar o post, eu acho que poucas pessoas conhecem ou jogaram Uniracers. Esse jogo de Super Nes, que foi lançado no final de 1994 e que fui conhecer em meados de 1995, é um dos jogos que mais aluguei. Dificilmente arriscava alugar um jogo sem ao menos ler algum review em revistas de games da época (nada de internet naquele tempo, jovens) ou ouvir a opinião de alguém que já tinha jogado porém, ao ver a caixa do jogo, vendo aquele monociclo numa pista colorida me transmitindo um ar de ‘corrida maluca’ ou coisa do tipo, resolvi arriscar sabendo que poderia colocar o meu final de semana ‘gamer’ no lixo.

mgqlfrk E não é que depois de escolher o monociclo, colocar meu nome nele e passados 20 minutos de jogatina eu vi que o jogo era bom pra cacete?! O jogo não é ‘lento’ como cheguei a imaginar e o tempo todo você tá ‘queimando o chão’ sem ter que se preocupar em ficar freando o monociclo. Ou você acelera no limite ou não joga, simples assim! E não pense que é só acelerar e seguir a pista que você vai se dar bem! Além da velocidade que o jogo oferece, as pistas ainda mostram alguns tipos de dificuldades como, por exemplo, melado na pista, mudanças repentinas no sentido (direita para esquerda e vice-versa), rampas e outros atalhos. Durante as corridas, você pode usar as rampas para fazer manobras com o monociclo e, em caso de sucesso na execução, o monociclo ganhava mais velocidade ainda!! Pra deixar a parada mais acirrada ainda, dava pra jogar um modo versus. Eu e meu irmão passávamos várias horas tirando vários rachas até cansar.

uniracers_screenshot1Quando você enjoava das corridas, dava pra ficar executando manobras em algumas pistas e cada uma delas oferecia uma pontuação mínima para fechar o desafio (confesso que eu era horrível para fazer pontos em manobras e toda vez chamava meu irmão para passar essas etapas).
O jogo tinha algumas sacadas engraçadas e, algumas delas, era que quando você nomeava um monociclo usando nomes tipo ‘Sonic’, ‘SEGA’, aparecia uma mensagem ‘Not cool enough’. Descobri isso sem querer ao tentar dar o nome de ‘Supersonic’ em uma liga. Além disso, o jogo prega umas peças do tipo câmera lenta e que é apelidade de ‘Hedgehog Speed’ (referenciando um porco-espinho, rs). Outra coisa que eu achei bacana, são os nomes dos monociclos que você enfrenta no modo single. No nível mais fácil, você enfrenta o Bronsen (alusão ao bronze), no nível médio a Sylvia (de cor prata), no nível difícil o Goldwyn (cor dourada) e, no nível fodão (é difícil mesmo), o Anti-uni (cor vermelho escuro, tipo diabão mesmo). Nas corridas contra o Anti-uni, a pista desaparece, os controles invertem e outras trapaças para embananar você.

Enfim!! Os jogadores mais exigentes podem torcer o nariz para Uniracers, rs. Ele é bem básico, sabe? Não tem comandos absurdos, não possui diversos modos de jogo, não tem menu de configurações para ficar alterando isso ou aquilo… Logo no primeiro contato com o jogo, é só escolher o monociclo, a pista e pau! Abaixo, segue o gameplay dele, já no circuito ‘Hunter’, para você tirar as suas impressões. Cheers!!